segunda-feira, julho 03, 2006

Mulher. Homem. Menino.

Três peças soltas desenhadas para nunca formarem um puzzle?
O homem segue de regresso os próprios passos.
A mulher perseguida por quem a abandonou, tenta agora esquecer os corpos que se lhe amontoaram na retina.

Pawe Sujecki

O filho segue o caminhar da mãe sem entender porque mudou a vida. Feliz no entanto.

- Aonde vamos mâe?

- Para longe filho, sempre para mais longe.

- Longe de quê?

- Do passado filho. De tudo o que passou. Vamos olhar em frente e caminhar sem sequer olhar para trás. Nada ficou para trás, nada.

- Não entendi...

- Hás-de entender um dia.

Mas não é bem assim, não dentro dela. Prometera nunca se apaixonar... Promessas juvenis feitas de raivas quentes.

- Lembras as fotos que te deixei, as que gostaste, da montanha gelada de casas brancas à beirinha dos rios?

- Ainda as tenho?

- Gostavas de lá ir?

- Levas-me mãe?

- Levo-te para onde vou. E essa montanha parece o meu caminho.

Mas seria a montanha? Ao falar dela um rosto surge, manso, carinhoso, amante.

at Haloimages


E pensa.

- A quem estou a enganar? Irei ainda a tempo? Fugi sem uma palavra mais. Perdoará?



(Pois, não acabou)

6 Comments:

Blogger Teresa Durães disse...

Pois eu espero

Boa tarde

1:01 da tarde  
Blogger Era uma vez um Girassol disse...

Espero também...Bjs

9:14 da tarde  
Blogger della-porther disse...

D.

Continuo adorando o conto...e embalada em Dulce...nossa...não dá vontade de sair daqui.

Beijos

9:32 da tarde  
Blogger adesenhar disse...

E qual é o filho que não segue a mãe!

vamos lá então para essa montanha.

fica longe!

continuando a leitura.

esquisso:conheço esta deliciosa escrita de algum lugar!
hum
:)

10:55 da tarde  
Blogger Um outro olhar disse...

Virei com mais tempo lêr e absorver as palavras.

estou a gostar, e ... não fechei apenas fui de férias e já voltei

:)

11:20 da tarde  
Blogger Freyja disse...

mujer, hombre, hijo...nunca formaran una familia, el camina sus pasos y la mujer con el hijo buscando dejar el pasado lejos
que tristeza lo que le dice al hijo...Nada ficou para trás, nada.
que tristeza carga en su corazon la mujer, buscando en la montaña la esperanza...huir
que triste es el abandono, quedar amando solo es enta vida
pero esta muy lindo como esta relatado

gracias por la cancion, hace un momento que llegue a casa y me encontre el bello regalo
llevo mucho rato escuchandola, es muy linda
un abrazo muy grande y mil gracias
un beso grande



besos y sueños

12:26 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home