domingo, julho 23, 2006

Pouco descansou Tina,

ao despertar Eliza estava ainda junto a ela. A ausência do marido e o que vira, fizem-na contar tudo o que até aí guardara para si.

- Ai menina, tanta coisa estranha! Bem me avisaram do amor fantasma preso nesta casa. A minha própria mãe me disse que não me impressionasse com o que visse e deu-me este amuleto contra as possessões. Foi buscá-lo às espirítas escocesas, aquelas que vivem há 10 anos na casa velha. Era lá que a menina havia de ir.


sandi knell

pode a menina não acreditar, mas a mais nova delas, acerta em tudo. Nada até agora foi falso ou não se confirmou. Vem gente até da capital para a consultar...

- Eliza, depois da noite de ontem, eu já arrisco tudo. Tenho medo de enlouquecer aqui sozinha se isto continua.

Stan Trampe

Na floresta, uma jovem solitária parecia escutá-las e aguardar.

- Vamos então menina, o caminho é difícil e de carrinha não chegaremos lá.

- Espera vou buscar a carteira.

- Não precisa, nunca aceitam dinheiro, nunca. Para a mãe da menina das visões, aquilo é mesmo a maldição da filha - viver entre dois mundos!... - costuma ela dizer.

Quase se escondem, mas não se recusam a ajudar ninguém.

- Estranho. Mas faz-me confiar um pouco mais.

- Não faça perguntas por favor.

- Como é que ela adivinha se eu não lhe der os dados?


Rob Gray

- Lê nas gotas de chuva ou de orvalho, consta também que faz para cada pessoa um pão, que reparte, e só depois começa a sessão.

Federico Mena Quintero

- Estás a assustar-me e temos pressa.

Mas o que realmente Tina pensava era : a minha vida contida em água e pão?



(segue)

3 Comments:

Anonymous della-porther disse...

N.

Ah! Larguei o diabo da pauta da reunião..que já alcançava a marca de uma dúzias de páginas e vim aqui. Porque ninguém merece: domingo trabalhando..tem dó.
Ah! to com medinho dessa estória.
Muito sinistra..visões...pobre Tina que está a beira da loucura. Aguça-me de curiosidade saber que destino a aguarda.

Volto, não com a regularidade que gostaria, mas vou me esforçar.Agora a castigada aqui tem ir.

um beijo carinhoso e saudoso

della-porther

1:47 da manhã  
Blogger Freyja disse...

he sentido esta historia que vanza con mucha tristeza
besitos y que mana sea un hermoso dia



besos y sueños

3:53 da manhã  
Blogger Freyja disse...

he sentido esta historia que vanza con mucha tristeza
besitos y que mana sea un hermoso dia



besos y sueños

3:53 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home