quarta-feira, julho 12, 2006

podiam ter trocado a moradia

mas Thomas nem se atreveu a falar disso quando viu a mulher pela manhã, feliz como uma garça, aproveitando na janela do quarto os primeiros raios de sol.

Pavel Krukov

- não vais esquecer a recepção da noite, vens cedo meu amor?

- claro que sim.

sorrisos. asas de anjos prepassando entre eles. nenhum mal os podia antingir e até ele esqueceu.

a casa estava bonita agora. ao seu gosto. olhou-a e acreditou que a sonhara assim.

autor não identificado

- acabaram-se os veludos pesados e indiferentes, as típicas mobílias compactas inglesas a escurecer o branco das paredes, os frescos. teremos luz na nossa vida. este é o nosso lar!

pediu uma merenda leve e foi passear para a mata circundante, o seu reino.

duas meninas vestidas de igual e de mãos dadas, brincavam por ali. nunca as vira desde que se mudara, mas a ideia de ter crianças perto, alegrou-a. queria ter filhos. muitos! como costumava dizer.
chamou-as. não vieram.

CF

pensando em timidez aproximou-se mas ao chegar, estendeu as mãos para dois troncos de árvore. nada mais. não havia som ou rasto de criança.

desta vez, voltou para casa ofegante e a correr.

- eu vi-as. estavam paradas, muito sérias e olhavam para mim. não estou a alucinar!

só para não estragar a inauguração da casa não contou ao marido o que vivera, mas este notou-a ausente e sentiu-lhe no rosto a falta do sorriso franco.

(segue)

14 Comments:

Blogger della-porther disse...

Acordo... e saboreio o meu café da manhã, seguindo os passos de Tina na mata circundante...Que mistérios irão perturbá-la?
Aguardo...

beijos

11:37 da manhã  
Blogger caeser disse...

eu também
.
.
.
e ,diariamente ,não deixo de vir à "coca" da escrita em muito bom português
.
.
e não só!
.
raro!

um beijo

12:04 da tarde  
Blogger Teresa Durães disse...

continuo Voando por Aqui!

1:43 da tarde  
Blogger rules disse...

Gostei muito deste cantinho... TUDO DE BOM :)

3:37 da tarde  
Blogger alice disse...

cucu

tenho saudades tuas

beijo

beijo

beijo

8:03 da tarde  
Blogger madalena pestana disse...

Olá Della, a ler coisas destas ao pequeno almoço?

Não deixes que a diferença de fuso te desaparafuse... lolol

Bj Menina e Obrigada pela presença sempre.


-------------

ô' caso, muito obrigada.

Já passei no teu cantinho não comentei por falta de tempo, voltarei lá.

Bj

:)
------

Teresa nunca deixes de voar desde que também esvoaces por aqui.

:) bj.

------

Rules, Obrigada. O mesnmo para ti.

:)

------

Alice, tu com saudades minhas?

Bem, aqui estou para as matares.

:)

Bj.

8:18 da tarde  
Blogger madalena pestana disse...

ô'caso, pena teres os comentários fechados. Parabéns: dois bogs como muito para dizer.

Valeu!

:D

8:22 da tarde  
Blogger Era uma vez um Girassol disse...

Já começou o mistério, a assombração???? Sou medrosa...mas vou ficar....!
Bjinho

8:31 da tarde  
Blogger Mendes Ferreira disse...

só lhe perdoo o roubo do"meu" Piano porque o texto é muito BOM e venho tb felicitar ointeligente comentário no blog

do PiresF sobre Timor.abraço.

9:40 da tarde  
Blogger madalena pestana disse...

Mendes Ferreira, eu roubei-lhe um piano?

Juro que o encontrei na net sem referência de autor. Posso retirá-lo se quiser. É só dizer. :)

Quanto ao resto: muito obrigada e volte sempre.

:) Abraço

10:58 da tarde  
Blogger sugcrasis disse...

Vou ficar aqui quieto,
mudo.
Vou devorar letra a letra,
como caixa de bombons,
absorvo esta tua história.
Saudades do meu piano.
Saudades dos desabafos que fazia com ele...
1Bj
Sugcrasis

11:37 da tarde  
Blogger Um outro olhar disse...

estou a gostar, mas se elas existem eu não queria encontrar uma situação destas
...


:)

12:00 da manhã  
Blogger Freyja disse...

es increible como nos atrapas en esta historia
donde el amor...lograra sobrevivir a todo
esta muy bello el cambio que le hiciste al blogs
quedo bello
gracias y un abrazo muy grande



besos y sueños

4:49 da manhã  
Blogger madalena pestana disse...

Sugcrasis, que exagero! :) mas aceito a simpatia. 1 bj

-------------

Um outro olhar, ficção é ficção se as há ou não... pelo menos na mente de muitos Há.

Bjs e bom dia.

-----

Freyja, sempre calorosa e amorosa nos comentários. Muito obrigada. Estimula a continuar a historinha.

Besos.

Buenos dias. :)

7:49 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home